12/04/2010

Os 10 melhores filmes nacionais da década

Cinema BrasilA Revista de Cinema entrevistou diversos jornalistas e realizadores sobre seus filmes brasileiros preferidos da última década. O resultado, apesar de não concordar completamente com o TOP 10, mostra que o cinema nacional não anda tão mal das pernas quanto muitos alardeiam. Tem muitos bons filmes, com diversas temáticas e com um crescente no gênero documentário. Abaixo listo os dez mais divulgados pela revista, com meus próprios comentários sobre eles.

Dentre os que ficaram de fora do TOP 10, destaco Estômago, O Cheiro do Ralo e O ano em que meus pais saíram de férias. Além de Abril Despedaçado que não está nem entre os citados. Fiquei feliz de ver o baiano Eu me lembro na lista dos lembrados (com cinco votos). Foram um total de 32 filmes citados como os melhores da década.

TOP 10
Cidade de DeusCidade de Deus - Se até o cinema mundial concorda que o filme de Fernando Meirelles está entre os melhores da década, não é nenhuma surpresa que ele apareça no topo da lista nacional. Cidade de Deus é um divisor de águas do cinema brasileiro. Trouxe uma linguagem nova, uma montagem extremamente bem feita e criativa, um roteiro bem construído e um novo ponto de vista para o mesmo assunto: a violência e a favela. É, sem dúvidas, o grande momento cinematográfico recente do país, tendo inclusive quatro indicações ao Oscar.

O InvasorO Invasor - Esse filme de Beto Brant é uma incômoda brincadeira para a classe alta, tendo em Paulo Miklos um personagem símbolo ao lado de Mariana Ximenes. Um thriller muito bem feito, mas que me surpreendeu de aparecer logo em segundo lugar na lista. Bem dirigido e com um roteiro amarrado, mostra que cinema não é uma tese a ser defendida.

Cinema, Aspirinas e Urubus - Marcelo Gomes trouxe a história de um alemão vendedor de Aspirinas e um nordestino que consegue ser matuto e esperto ao mesmo tempo e envolveu o público, principalmente por se utilizar do magnetismo do cinema em seu argumento. Mas, é na fotografia que o filme se destaca mais, mostrando toda a aridez do sertão nordestino e as longas viagens da dupla em busca de um sentido maior para aquele ato mecânico. Gosto muito.

Jogo de CenaJogo de Cena - Após explorar todas as linguagens do documentário verdade, Eduardo Coutinho surpreendeu com esse filme que é quase uma tese de cinema real ou forjado. Tendo apenas um teatro e uma atriz por vez sentada em uma cadeira contando sua história, o filme consegue prender a nossa atenção de forma instigante.

Serras da Desordem - Confesso que este é o único da lista que ainda não conferi. De Andrea Tonacci, conta a história real do índio Carapirú com cenas recriadas.

Santiago - João Moreia Salles queria fazer um filme sobre seu mordomo e acabou criando um documentário sobre sua família por trás daquele homem que dedicou sua vida a ela. O resultado foi tão forte que ele chegou a proibir o filme por um tempo, que saiu recentemente em DVD. Vale conferir.

Lavoura Arcaica - Luis Fernando Carvalho conseguiu transpor para tela, com uma forma imensa, a história do livro de Raduan Nassar. Destaque para Selton Mello e Simone Spoladore que conseguem passar uma emoção desconcertante em alguns momentos.

Madame SatãMadame Satã - Karim Aïnouz trouxe uma nova roupagem para a história do lendário João Francisco dos Santos, tornando-se um ícone da nossa cinematografia recente. Ainda teve o plus de revelar Lázaro Ramos no cenário nacional, apesar de não ser seu primeiro filme, foi o primeiro de grande destaque.

Edifício Master - Outro documentário de Coutinho, este mais tradicional, impressiona pela capacidade de se contar uma história de um prédio, desnudando seus moradores de uma forma muito envolvente.

Amarelo MangaAmarelo Manga - Dirigido por Cláudio Assis, o filme é outro ícone do cinema nacional. Sem um protagonista definido, fala da realidade sócio-política brasileira de uma forma bem honesta e instigante. Nada na câmera de Assis é por acaso e ele consegue nos marcar com a força deste filme.




Amanda Aouad

Amanda Aouad é Mestre em Comunicação e Cultura Contemporânea pela UFBA, especialista em Cinema pela UCSal e roteirista de Ponto de Interrogação, Cidade das Águas e Vira-latas. É ainda professora de audiovisual, tendo experiência como RTVC e assistente de direção. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema), Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos e da Liga dos Blogues Cinematográficos.

9 opiniões:

Rodrigo Carreiro disse...

Realmente, não é uma lista ruim. É altamente considerável, mas tá faltando coisa aí. Tem Abril Despedaçado e Estômago que você citou que eu também colocaria. Outros que poderiam ser considerados, na minha humilde opinião: O Homem do Ano, Cidade Baixa, Árido Movie etc. Porém, a ausência mais sentida é Narradores de Javé, talvez o melhor da nossa retomada. Ao lado de Cidade de Deus, é claro.

12 de abril de 2010 13:55 Excluir comentário
Cristiano Contreiras disse...

Lavoura Arcaica, Madame Satã e Edificio Master são meus favoritos desta lista!

Um absurdo, mais uma vez, esquecem do Abril despedaçado...e tem um que eu particularmente amo, Nina de Heitor Dalia.

Mas, a lista é eficiente!

Beijos

12 de abril de 2010 19:58 Excluir comentário
thicarvalho disse...

Realmente, a lista é boa, mas um tanto quanto séria demais. Temos grandes filmes ai, como Cidade De Deus e Cinema Aspirinas e Urubus. Gosto mto de Um Homem que Copiava e Redentor. Além dos pipocas Mulher Invisivel e Divã. Um q tb curti foi o recente O Contador de Histórias. Enfim, não tenho dúvidas q o cinema nacional só cresce. Qualquer dia destes ganhamos um Oscar. kkkkkkkkkk Abraço Amanda.

12 de abril de 2010 22:40 Excluir comentário
Amanda Aouad disse...

Verdade, Rodrigo, até eu esqueci de Narradores de Javé, um belo filme, com o roteiro fantástico.

Cris, Nina é um filme diferente, forte, mas acho que não colocaria na minha lista de TOP 10.

Thiago, é mesmo bem séria, e concordo que algumas comédias são muito boas, O Homem de Copiava mesmo é ótimo.

beijos

14 de abril de 2010 01:14 Excluir comentário
Best Blogs Brasil disse...

Oi
O seu post também está em destaque na home do Best Blogs Brasil
Confira:
http://bestblogsbrasil.com.br/
Você também pode enviar novos links para que eles fiquem em destaque no nosso site.
Até Mais!
Alex

14 de abril de 2010 02:08 Excluir comentário
Anônimo disse...

"Tropa de Elite"; "Carandiru"; "Meu nome não é Jhonny"; "Dois filhos de Francisco" e " O cheiro do ralo", cadê?

14 de abril de 2010 15:24 Excluir comentário
Amanda Aouad disse...

Pois é, anônimo, Cheiro do Ralo eu também destaquei que estaria na minha lista. Mas, os cineastas e jornalistas votantes fizeram sua escolha. Lista é sempre complicado. O bom é ver que o cinema nacional tem sim, uma lista variada de bons filmes.

14 de abril de 2010 20:51 Excluir comentário
Anônimo disse...

Nao pode ter Top 10 sem Topa de elite!

25 de abril de 2011 14:47 Excluir comentário
Anônimo disse...

Que tal Segurança Nacional?

19 de dezembro de 2013 23:14 Excluir comentário

Postar um comentário

Anterior Próximo Página Inicial
Related Posts with Thumbnails
 

Licença Creative CommonsBlog CinePipocaCult by Amanda Aouad is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas License
Based on a work at www.cinepipocacult.com.br
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.cinepipocacult.com.br