20/07/2010

Predador

PredadorSexta-feira chega aos cinemas Predadores, filme dirigido por Nimrod Antal, com produção de Robert Rodriguez que promete resgatar a reputação do alienígena caçador após o fracasso de Alien vs Predador. O que mais chama a minha atenção nessa versão é o fato de ser estrelado por Adrien Brody e trazer a brasileira Alice Braga no elenco. Ainda assim, resolvi resgatar o longametragem de 1987 para uma espécie de preparação. Dirigido por John McTiernan, com roteiro de Jim e John Thomas, o filme trouxe o alienígena pela primeira vez às telas causando um grande impacto na época.

Apesar de muitos tiros e uma solução manhosa, Predador é um suspense bem feito. Estrelado por Arnold Schwarzenegger como o Major "Dutch", conta a história de um grupo de soldados especiais, enviados para uma floresta da América Central com a missão de resgatar um ministro de Estado. Lá, eles percebem que tudo era uma fraude para combater guerrilheiros, mas acabam se envolvendo com uma ameça invisível que faz toda essa apresentação não passar de pretexto. Na verdade, a história de Predador não é contada nesse filme. Ela vai fazer sentido apenas em sua continuação e no pífio Alien vs Predador, dois filmes aquém do original, mas que acabam expondo todas as nuanças da raça alienígena. Se eles já tinha toda essa história na cabeça, é difícil de afirmar, apesar de bem provável pelas atitudes do personagem em alguns momentos.

Arnold SchwarzeneggerO filme é bastante feliz ao não explicar nada, deixando o telespectador da mesma forma que os personagens, totalmente perdidos. Ninguém sabe o que é aquela coisa que está matando os soldados com requintes de crueldade. Ninguém compreende aquelas armas poderosas, nem a forma como o inimigo se esconde e se movimenta na floresta. O suspense se assemelha ao primeiro Alien, o oitavo passageiro, nesses recursos de não mostrar o monstro por inteiro, não explicar sua origem e sempre contrapor a visão das vítimas com a do perseguidor. O filme de Ridley Scott, no entanto, é bastante superior na composição geral e no roteiro, sendo um clássico do terror e do suspense.

PredadorPredador escorrega em alguns detalhes, principalmente no desfecho que é quase um Deus ex-machina. Ou seja, uma solução tirada da cartola, que não soa natural. Fica difícil entender o comportamento do alienígena no final da trama se compararmos ao seu começo. E quando ele aparece, muito do suspense perde a sua força, por mais que não se explique nada. A trilha sonora também é falha por ser totalmente deslocada da situação, parece propaganda do exército. Os efeitos especiais, no entanto, são muito bons para época.

O personagem principal, Major "Dutch" é o protótipo do herói dos anos 80, sempre com seu charuto na boca, machão, mas com um código de honra forte. Arnold Schwarzenegger o interpreta com a mesma pose de sempre, mas funciona bem para o papel. Já o eterno Apolo, Carl Weathers, acaba tendo um personagem muito ambíguo, o Major George Dillon é quase um vilão. Os demais personagens funcionam bem na trajetória da trama.

Arnold Schwarzenegger e o PredadorPara aqueles que não assistiram nem pretendem ver os primeiros filmes, uma última explicação. Predadores são uma raça caçadora, que possuem um rito de passagem da idade jovem para a adulta. Eles são jogados em planetas hostis com a missão de sobreviver. Possuem um dispositivo que os permite se camuflar com o ambiente e têm nos Aliens seus maiores inimigos. Com essas informações algumas coisas que parecem sem sentido no primeiro filme começam a se encaixar, o que também é interessante. Além de nos preparar para o que será apresentado a partir de sexta-feira.


Amanda Aouad

Amanda Aouad é Mestre em Comunicação e Cultura Contemporânea pela UFBA, especialista em Cinema pela UCSal e roteirista de Ponto de Interrogação, Cidade das Águas e Vira-latas. É ainda professora de audiovisual, tendo experiência como RTVC e assistente de direção. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema), Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos e da Liga dos Blogues Cinematográficos.

4 opiniões:

Vinícius P. disse...

Nunca tive muita curiosidade de ver esse, talvez porque os recentes filmes inspirados no personagem não tenham sido bons o suficiente para tal.

20 de julho de 2010 12:15 Excluir comentário
Rodrigo Mendes disse...

Amanda,

sempre gostei apenas do primeiro filme da franquia com Arnold Schwarzenegger, depois a coisa ficou tola!

A continuação com Danny Glover em L.A. é estranha e a parceria com ALIEN sem comentários, rs!

A Série Alien com o filme do Scott, Cameron e Jean Pierre foram mais felizes (não gosto do feito por David Fincher).

Uma pena que o personagem do Predador tenha ficado apenas bom neste primeiro filme. Adoro assistí-lo numa sessão de noitinha!

Será que assisto esse " Predadores"? Gosto do Adrian Brody e da Alice Braga e tem dedo do Robert Rodriguez, quem sabe? Rs!

Abs,
Rodrigo

20 de julho de 2010 17:52 Excluir comentário
Amanda Aouad disse...

Verdade, Vinícius, os novos não são grandes coisas, mas esse é bem interessante.

Exatamente, Rodrigo, você resumiu tudo. Quanto a Alien, acredita que Alien 3 foi o único que não assisti? hehe. Na verdade, eu comecei pelo fim com Ressurreição, aí voltei ao início e acabei parando do segundo. Mas, de todos, O oitavo passageiro é o melhor.

Quanto a Predadores, eles estão prometendo resgatar a série, né? Então, vamos conferir.

bjs

20 de julho de 2010 21:46 Excluir comentário
Robin disse...

Gosto muito do primeiro e gosto do segundo também, apesar de não ser tão bom. Agora Alien x Predador é triste de tão ruim, não sei como conseguiram fazer o segundo. Curioso por este.

abraços

21 de julho de 2010 10:02 Excluir comentário

Postar um comentário

Anterior Próximo Página Inicial
Related Posts with Thumbnails
 

Licença Creative CommonsBlog CinePipocaCult by Amanda Aouad is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas License
Based on a work at www.cinepipocacult.com.br
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.cinepipocacult.com.br