30/09/2014

...

Brasil S/A

Brasil S/AQual a história do nosso país? E qual o retrato atual da nossa sociedade? Brasil S/A constrói uma alegoria imagética intensa para falar com ironia do mundo em que vivemos hoje. Desde as origens da economia com o plantio da cana de açúcar, passando por símbolos da nossa cultura e problemas mais concretos como o trânsito. Tudo sob o teto de uma grande bandeira vazada onde não vemos o círculo azul e a faixa ordem e progresso.

Leia >>

29/09/2014

...

Ventos de Agosto

Ventos de AgostoVindo de um início de carreira bastante voltado para o documentário, Gabriel Mascaro flerta com a linguagem em sua primeira ficção. É tudo tão orgânico que parece até que ele está ali, apenas registrando a rotina de uma pequena vila de pescadores.

Leia >>

28/09/2014

...

Sem Pena

Sem Pena Em determinado momento do filme, vemos um grupo de mendigos reunidos próximo a carros estacionados no meio fio. Eles vibram, gritam, brincam, parecem comemorar algo. É uma Ferrari que está saindo do local estacionado, meio claudicante, como se temesse a situação. A câmera sobe e vemos que tudo isso aconteceu em frente à Faculdade de Direto da USP.

Leia >>

27/09/2014

...

Branco Sai. Preto Fica

Branco Sai. Preto FicaPor mais que trate de um acontecimento real, com personagens reais em cena, Branco Sai. Preto Fica não chega a ser um documentário completo. Na verdade, ele flerta com a ficção científica, não apenas na estrutura narrativa, como até mesmo na ironia em questionar sua própria realidade a partir de uma comunidade imaginária.

Leia >>

26/09/2014

...

Balanço do Festival de Brasília

Festival de Brasília do Cinema BrasileiroUm caso curioso e inédito chamou a atenção na noite de premiação de Brasília. Os seis diretores dos longa-metragens participantes da Mostra Competitiva decidiram dividir em partes iguais os R$ 250.000,00 do prêmio principal. Entre outras questões, alegaram a imensa diferença deste para os demais prêmios. E que a curadoria deste ano teria escolhido obras bastantes diversas com capacidade de discussão de linguagem tão interessante, que todos mereceriam, até para ajudar no processo de distribuição. Isso demonstra o clima amigável que dominou os sete dias de festival e, por mais que pareçam distintos, a sintonia entre os realizadores presentes.

Leia >>

25/09/2014

...

O que há no cinema: Cinema Baiano

Semana do Audiovisual Baiano ContemporâneoDesde domingo, Salvador está abrigando a Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo. Palestras marcaram esses dias, hoje temos mesa sobre animação e “Estética e linguagem do cinema baiano contemporâneo". E, a partir de amanhã, cerca de 100 filmes produzidos no Estado no século XXI serão exibidos nas salas Walter da Silveira Alexandre Robatto e no Circuito Sala de Arte. A produção é farta e diversa, com filmes premiados como Filhos de João – O admirável mundo novo baiano, de Henrique Dantas, Eu Me Lembro, de Edgard Navarro e Samba Riachão, de Jorge Alfredo a inéditos como Ritos de Passagem e Revoada. Gostaria de chamar a atenção apenas para Estranhos, filme de Paulo Alcântara que assisti em pré-estreia no Glauber Rocha há quatro anos. Na época, parecia que teria um planejamento de distribuição bem realizado, mas nunca conseguiu estrear em circuito comercial. Acho que merece uma chance com o público.

Leia >>

24/09/2014

...

Festival de Brasília - Parte 3

47º Festival de Brasília do Cinema BrasileiroOntem terminou o 47º Festival de Cinema de Brasília consagrando Branco Sai. Preto Fica como Melhor Filme. Vejam a lista completa dos premiados em nossa página no Facebook e ainda esta semana farei um balanço geral dos curtas e longas, além de ir publicando aos poucos as críticas dos longa-metragens que guardei enquanto não eram divulgados os resultados, já que estava no júri da Abraccine. Mas, antes, segue o resumo diário que vinha fazendo, contemplando os dois últimos dias da Mostra Competitiva.

Leia >>

23/09/2014

...

Festival de Brasília - Parte 2

Festival de Brasília do Cinema BrasileiroO Festival de Cinema de Brasília continua demonstrando uma tendência interessante de junção entre ficção e documentário. Chama a atenção também a participação popular no evento, que tem tido as sessões da mostra competitiva todas lotadas. A de sábado, com a exibição do filme local Branco sai, Preto fica lotou bastante cedo e, às oito da noite, ainda tinha uma multidão procurando ingressos.

Leia >>

22/09/2014

...

A Bela e a Fera

A Bela e a FeraMuitas versões já existiram sobre A Bela e A Fera. Esta nova produção francesa poderia ser apenas mais uma, mas ela traz elementos extras que tornam a trama mais densa e até próxima da realidade. Ainda que continue fantasia. E o mais interessante, a beleza aqui não é a questão principal.

Leia >>

21/09/2014

...

Festival de Brasília - Parte 1

Festival de Brasília do Cinema BrasileiroMais antigo Festival dedicado ao cinema brasileiro, o Festival de Brasília sempre teve como uma das características apresentar novos talentos. E também novas tendências. Este ano, o Festival optou por não mais dividir os filmes em categorias, juntando documentários e ficções em um mesmo grupo que gerou uma curadoria interessante.

Leia >>

20/09/2014

...

Do Inferno

Do InfernoBaseado na graphic novel de Alan Moore e Eddie Campbell, Do Inferno resgata a história de Jack, o Estripador através da jornada de um detetive (Johnny Depp) viciado em ópio que tem suas intuições através de sonhos saídos do transe.

Leia >>

19/09/2014

...

Deus e o Diabo na Capital

47º Festival de Cinema de BrasíliaO 47º Festival de Cinema de Brasília começou em grande estilo. A abertura foi em homenagem aos 50 anos do filme Deus e o Diabo na Terra do Sol, com direito a exibição de cópia restaurada, presença dos filhos do cineasta e Orquestra de Câmara.

Leia >>

18/09/2014

...

O que há no Cinema: Festival

Festival de Brasília do Cinema BrasileiroEstamos envolvidos com o Festival de Cinema de Brasília, que já começou com tudo. Podem acompanhar na nossa página do Facebook. Mas, também de olho nas estreias da semana e, claro, nos Clássicos do Cinemark. Esta semana é a vez de Chinatown, clássico dirigido por Roman Polanski que tem Jack Nicholson no papel principal do detetive J.J. Gittes. Uma das mais belas obras de seu diretor, que permanece em nossa mente como um símbolo de uma época. E curioso também que seja um dos únicos filmes noir fora da época áurea do movimento.

Leia >>

17/09/2014

...

Maze Runner - Correr ou Morrer

Maze Runner - Correr ou MorrerNa crítica de O Doador de Memórias eu já tinha citado que uma das tendências da atual literatura infanto-juvenil era criar histórias em um universo pós-apocalíptico onde uma sociedade opressora é questionada por um jovem predestinado. Maze Runner - Correr ou Morrer, segue essa mesma linha, com algumas vantagens e outras tantas desvantagens.

Leia >>

16/09/2014

...

Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

Festival de Brasília do Cinema BrasileiroHoje é a abertura oficial do 47º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. E a abertura não poderia ser mais simbólica com a exibição de uma cópia restaurada de Deus e o Diabo na Terra do Sol, de Glauber Rocha, que completa cinquenta anos de lançamento.

Leia >>

14/09/2014

...

3 Dias Para Matar

3 Dias Para MatarÉ difícil acompanhar o objetivo de 3 Dias Para Matar. O filme constrói uma linha narrativa esquizofrênica que já funcionou em muitos projetos de Luc Besson, mas aqui soam excessivas e muitas vezes, de mal gosto. Uma pena, pois ver Kevin Costner em cena demonstra que ele ainda tem muito a nos oferecer, se tiver um bom projeto.

Leia >>

13/09/2014

...

Cine Clube Glauber Rocha: Fome de Viver

Fome de ViverNa última terça-feira estive no Cine Clube Glauber Rocha para conduzir um bate-papo interessante sobre Fome de Viver, primeiro e, talvez, melhor filme de Tony Scott em toda a sua carreira.

Leia >>

12/09/2014

...

Rio, Eu Te Amo

Rio, Eu Te AmoSeguindo o mesmo formato de Paris, Eu Te Amo e Nova York, Eu Te Amo, Rio, Eu Te amo, traz um leque de cineastas em curtas que traduzem suas visões da cidade maravilhosa.

Leia >>
Próximo
 

Licença Creative CommonsBlog CinePipocaCult by Amanda Aouad is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas License
Based on a work at www.cinepipocacult.com.br
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.cinepipocacult.com.br