13/11/2011

As 10 mais das trilhas sonoras

Jack Black - Alta Fidelidade Ele chegou aos cinemas em 1927 com O cantor de Jazz, primeiro filme sonoro da história. Nem era ainda um filme totalmente falado, mas foi um marco. Desde então, não conseguimos conceber um filme sem som. Faz parte da linguagem todos os desenhos sonoros para ambientar ou ajudar na criação de efeitos diversos. É da métrica da música que a montagem tira o ritmo de cada cena. E não só de efeitos e captação de ambiente vive a arte, mas também das trilhas sonoras. Algumas compostas exclusivamente para um filme e outras, que de tão fortes no inconsciente coletivo, acabaram virando marcas não de um determinado filme ou de um determinado diretor ou história, e sim de momentos e sensações.

Vocês já perceberam quantas vezes uma mesma música é utilizada em cenas parecidas? Pense em uma cena de vitória e lá vem "We Are the Champions" do Queen, por exemplo. É o clichê musical, que funciona em meio à catarse nos fazendo rir, chorar, grudar na cadeira ou mesmo torcer por determinado personagem. Algumas músicas são bastante utilizadas no cinema, às vezes, irritantemente, como veremos abaixo. Uma lista diferente, não das melhores trilhas sonoras, ou músicas do cinema, isso também seria clichê, não? Vamor resgatar aqui aquelas que foram mais utilizadas em filmes diversos, seja de maneira intra ou extradiegética (dentro ou fora da cena). A lista abaixo foi feita por Ari Cabral que teve a idéia e fez a pesquisa, eu apenas dei o aval. Divirtam-se, porque tem mesmo muita curiosidade aí.

10. Lux Æterna - Clint Mansell

Esta peça instrumental de Clint Mansell foi composta inicialmente para o filme Réquiem para um Sonho (2000). A parceria dele com Darren Aronosky também criou outras trilhas para os filmes Fonte da Vida (2006), Lunar (2009), A Última Cartada (2006), O Lutador (2008) e Cisne Negro (2010). Lux Æterna fez tanto sucesso que já foi utilizada em comerciais e em trailers de vários filmes como Zathura (2005), O Código Da Vinci (2006), Sunshine: Alerta Solar (2007) e Missão Babilônia (2008). Em 2002, o trailer de Senhor dos Anéis: As Duas Torres apareceu com um novo arranjo desta mesma canção, usando uma orquestra inteira e coro. A peça, renomeada para "Requiem for a Tower", foi gravada especialmente para este trailer.



9. Let My Love Open the Door - Pete Townshend

Esta música cantada por Pete Townshend em seu álbum Empty Glass de 1980, já passou por vários filmes, principalmente, os de comédia. À primeira ouvida, não nos parece muito familiar, mas ela já esteve em Olha Quem Está Falando (1989), Matador em Conflito (1997), Jerry Maguire (1996), A herança de Mr. Deeds (2002), Menina dos Olhos (2004), Quero Ficar com Polly (2004), Click (2006), O Todo-Poderoso 2 (2007), Surpresa em Dobro (2009), Como você sabe (2010) e Red Dog (2011). Aqui ela aparece no trailer de Eu, Meu Irmão e Nossa Namorada (2007) a partir de 1:11. Prestem atenção.



8. Who Let the Dogs Out - Baha Men

É praticamente impossível a alguém que já frequentou um cinema não ter ouvido essa música. Doggie, composição de 1998 que o cantor Anslem Douglas criou para o Carnaval de Trinidad e Tobago, ganhou fama após uma gravação do grupo Baha Men, aquele típico grupo de uma só música. Sua estreia no cinema foi em 2000 no filme Rugrats em Paris, baseado na série animada Os Anjinhos (Rugrats) e continuação de Rugrats, o filme. Esta canção também esteve nas trilhas sonoras de Tá Todo Mundo Louco (2001), Jimmy Bolha (2001), O Amor É Cego (2001), Shrek (2001), Neve pra Cachorro (2002), Men in Black 2 (2002), Cãofusões (2005), Soltando os Cachorros (2006), O Bicho Vai Pegar 2 (2009), Se Beber, Não Case (2009), Marmaduke (2010) e até em Barbie, Moda e Magia (2010). Toda regra tem exceções, mas se é filme com cachorro, pode esperar que esta música vai aparecer. Aqui uma cena de MIB II com os Agentes F e J.



7. I've Got the Power - Snap!

The Power é um single da banda alemã Snap! lançado em 1990. E logo virou hit. Sempre que alguém se sente muito bem ou "poderoso" a música entra em ação para ilustrar esse sentimento. A canção apareceu em A Arma Perfeita (1991), O Pescador de Ilusões (1991), O Falcão Está à Solta (1991), Uma Noite Diferente (1991), A Força em Alerta (1992), Power Rangers: O Filme (1995), Show Bar (2000), Todo Poderoso (2003), Operação Babá (2005), Três Reis (1999), Marock (2005) e Fat Slags (2004). Gosto muito da cena de Todo Poderoso e é ela que vou colocar aqui.



6. Back in Black / Highway to Hell - AC/DC

Só para aumentar a lista de músicas, agrupamos duas da mesma banda. Pense em um personagem bom se dirigindo a um final terrível ou em um cara malvado que está momentaneamente por cima e uma dessas duas músicas aparece. Highway to Hell, de album homônimo de 1979, nem sempre é tocado em sua integridade, mas ao menos o riff inicial aparece em vários filmes, como Um Diabo Diferente (2000), Escola de Rock (2003), Percy Jackson e o Ladrão de Raios (2010), Homem de Ferro 2 (2010), Megamente (2010) e Premonição 2 (2003). Back in Black, também do album homônimo, agora de 1980, aparece em Lilo & Stitch (2002), Escola de Rock (2003), Homem de Ferro (2008), Megamente (2010), Karate Kid (2010) e Smurfs (2011). Para quem viu o filme, lembra desta cena impagável de Megamente. Um filme divertido que vale a pena.



5. We Are The Champions / We Will Rock You - Queen

E como agrupamos músicas no item anterior, resolvemos agrupar de novo. Ambas saídas do mesmo álbum, News of the World (1977), as músicas do Queen caíram nas graças dos diretores como músicas de superação em momentos difíceis. Toda vez que um personagem deve se inspirar precisa ouvir We Will Rock You e, quando ele ganha, comemora ao som de We Are the Champions. Em suas diversas versões, We Will Rock You apareceu em FM (1978), Gladiator - O Desafio (1992), D2: Nós Somos os Campeões (1994), The Big One - O Grandalhão (1997), Um Domingo Qualquer (1999), Virando o Jogo (2000), Coração de Cavaleiro (2001) e Operação Babá (2005). Original ou alguns covers, We Are The Champions tocou em A Vingança dos Nerds (1984), D2: Nós Somos os Campeões (1994), Mickey Olhos Azuis (1999), Alta Fidelidade (2000), Coração de Cavaleiro (2001), O Galinho Chicken Little (2005), Papai Bate um Bolão (2005) e Jogo de Amor em Las Vegas (2008). E nada como o início de Coração de Cavaleiro para provar a saga de superação dessas músicas.



4. Kung Fu Fighting - Carl Douglas

Essa é fácil até de adivinhar quando aparece: cenas de treinamento em artes marciais, mas não é só. O nosso herói está se preparando para um grande desafio, um oponente respeitável ou uma disputa entre os maiores e nós sabemos que ele vai ter trabalho para treinar. E, numa elipse, o treinamento vira um clipe e a voz de Carl Douglas surge. Esse clássico da disco surgiu em um single de 1974 e até hoje já apareceu nos filmes The Spirit of '76 (1990), Power Rangers: O Filme (1995), Um Ninja da Pesada (1997), Os Picaretas (1999), Sem Notícias de Deus (2001), Shaolin Soccer (2001), A Creche do Papai (2003), ABC do Amor (2005), Deu a Louca em Hollywood (2007), A Hora do Rush 3 (2007), Nos Embalos da Disco (2008), Kung Fu Panda (2008), Kung Fu Panda 2 (2011) e até mesmo no brasileiro Cidade de Deus (2002). Aqui um clipe de Kung Fu Panda mostrando um pouco do treinamento de Po. No clipe, a voz é de Carl Douglas, mas em Kung Fu Panda 2, Cee Lo Green regravou num ritmo ainda mais rápido.



3. Walking on Sunshine - Katrina & the Waves

Esta música é muito popular não só em filmes mas também em comerciais pelo mundo inteiro e publicitários chegam a pagar para utilizá-la anualmente. E um exemplo são os comerciais da Sessão da Tarde. Se tiver uma galerinha do barulho aprontando mil e uma confusões, lá estará Katrina & The Waves com esse hit de 1985. Ela foi tocada, lembrada ou incluída na trilha sonora de O Segredo do Meu Sucesso (1987), Olha quem está falando (1989), Meu Querido Companheiro (1989), Mr. Bean: Mais Atrapalhado do que Nunca (1997), Psicopata Americano (2000), Alta Fidelidade (2000), A Creche do Papai (2003), Na Trilha da Fama (2004), Lunar (2009) e no trailer de cinco minutos de Os Descasados (1995). Esta é uma cena curta, mas significativa, de O Segredo do Meu Sucesso com Michael J. Fox.



2. Lets Get It On - Marvin Gaye

Esta música, como muitas outras de Marvin Gaye, é a conhecida música de alcova, música de strip tease ou apenas para dar aquele clima. E na maioria dos filmes em que esse hit de 1973 aparece, funciona. Ele aparece em cenas calientes e outras nem tanto em Um Romance Muito Perigoso (1985), Alerta em Beverly Hills (1991), Um Verão Especial (1994), Parece, Mas Não é (1999), Alta Fidelidade (2000), Um Agente em Apuros (2001), Monkeybone - No Limite da Imaginação (2001), Animal (2001), Crossroads - Amigas para Sempre (2001), Alguém Tem que Ceder (2003), Bridget Jones: No Limite da Razão (2004), Mr 3000 (2004), Escola de Sedução (2004), American Pie - O Último Stifler Virgem (2006), Adrenalina (2006), As Férias da Minha Vida (2006), Chega de Saudade (2007), Treinando o Papai (2007), Escorregando Para a Glória (2007), Marmaduke (2010), Caçador de Recompensas (2010), Frankie & Alice (2010), Eu Queria Ter a Sua Vida (2011). E nada como ouvir a música numa interpretação nada surpreendente de Jack Black em Alta Fidelidade.



1. I Got You (I Feel Good) - James Brown

Esta música é hors-concours em aparecimento em trilhas sonoras. Não tem como negar, que desde 1965, quando o single foi lançado, James Brown parece nunca sair das paradas de sucesso. É só o sol aparecer e um dia bonito renovar as esperanças que esse hit surge. E não só dessa forma, mas em várias outras, essa música pode ser ouvida em Ski Party (1965), Um Trânsito Muito Louco (1985), Bom Dia Vietnã (1987), Quem É Harry Crumb? (1989), K-9 - Um Policial Bom Pra Cachorro (1989), Destino em Dose Dupla (1990), Homens Brancos Não Sabem Enterrar (1992), Panteras Negras (1995), As Namoradas do Papai (1995), O Professor Aloprado (1996), Aço (1997), Misteriosa Paixão (1998), Dr. Dolittle (1998), Porque o amor enlouquece (1998),Meu Marciano Favorito (1999), Rede de Corrupção (2001), Os Garotos da Minha Vida (2001), Asterix & Obelix: Missão Cleópatra (2002), Com a Cor e a Coragem (2002), Showtime (2002), Juwanna Mann (2002), Cruzeiro das Loucas (2002), Mr 3000 (2004), Garfield - O Filme (2004) e Transformers (2007). Aqui uma cena de Asterix & Obelix: Missão Cleópatra, quando os egípcios experimentam a poção de Panoramix e quase constroem uma pirâmide em um dia.


E você? Lembrou de alguma música que já viu tocando em vários filmes diferentes?


Amanda Aouad

Amanda Aouad é Mestre em Comunicação e Cultura Contemporânea pela UFBA, especialista em Cinema pela UCSal e roteirista de Ponto de Interrogação, Cidade das Águas e Vira-latas. É ainda professora de audiovisual, tendo experiência como RTVC e assistente de direção. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema), Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos e da Liga dos Blogues Cinematográficos.

Anterior Próximo Página Inicial
Related Posts with Thumbnails